sábado, 27 de julho de 2019

Veraison is here

EN/PT
Old vineyard at Quinta do Bragão (Noble & Murat), Celeirós do Douro, Pinhão river valley, Cima Corgo Douro sub-region.


   The veraison arrived in the Douro, the grape berries begin to color, the physiological phase of grape coloring.

    It is one of the important stages of grape ripening, the on-set of ripening, the moment of grape development when the grape berries begin to change color. The red grapes begin to turn from green to light red and then dark red, and in white grapes, the green becomes translucent and it assumes various shades of yellow. It is a phenomenon that can occur quickly, the color of a grape berry can change overnight.

    These obvious changes are not uniform and have their own "natural" time, since it doesn't happen at the same moment in all the vineyards, grape varieties and berries of the same bunch, usually the outer berries are the first to change color.


    At this stage of the continuous process until full ripeness and harvest time, the grape berries begin to grow in size and loose the hardness characteristic of the green fruit and gain elasticity.

    There is a progressive accumulation of sugars, the content of which increases rapidly. At the same time a progressive decrease in acidity happens (the acids in the grape reach their maximum values immediatly before the veraison starts).

    It is currently happening in  the Douro and will continue during the month of August.


    O "pintor" chegou

    Chegou o "pintor" ao Douro, os bagos das uvas começam a pintar, a época fisiológica da coloração da uva.

    É uma das fases importantes da maturação das uvas, é o começo do amadurecimento e o momento do desenvolvimento das uvas em que os bagos começam a mudar de côr. As uvas tintas, começam a passar do verde para o vermelho claro e depois vermelho escuro, e as brancas, de verde tornam-se translúcidas e assumem vários tons de amarelo. É um fenómeno que pode ocorrer rapidamente, a côr de um bago de uva pode alterar-se de um dia para o outro.


    Estas alterações óbvias não são uniformes e tem um  tempo "natural" próprio. Não ocorrem ao mesmo tempo em todas as vinhas, em todas as castas e em todos os bagos de uva do mesmo cacho, geralmente os bagos exteriores são os primeiros a mudar de côr.


    Nesta fase deste processo contínuo até à maturação plena e ao momento da vindima, os bagos de uva aumentam de tamanho, perdem a dureza característica da fruta verde e ganham mais elasticidade. Há um progressivo aumento da acumulação de açúcares, cujo teor aumenta rapidamente. Ao  mesmo tempo ocorre uma diminuição progressiva do teor de acidez (os ácidos na uva atingem os valores máximos imediatamente antes do início do "pintor").

    Está neste momento a acontecer no Douro e prolongar-se-à ainda durante o mês de Agosto.


©hsm



    


    





Sem comentários :

Enviar um comentário